Recent Posts

30/08/2010

Surrealismo em cores vivas


O espanhol Joan Miró (1893 - 1983) foi um importantíssimo pintor surrealista. Miró teve como influência o fauvismo (movimento que se desligava de temas deprimentes e pregava pela pureza nas obras) e pelo famoso e revolucionário dadaísmo (o movimento 'non-sense').

A felicidade e o 'non-sense' são as marcas registradas das obras de Miró, além de uma aparente falta de compromisso social. Mesmo as cores e as formas obedecendo à um certo tipo de 'padrão' (o que leva à uma relativa fácil identificação de suas obras), o artista sempre supreendia em cada quadro ou escultura (em que também utilizava sucata).

No fim da vida, Miró diminiu o uso das cores e das formas, 'limitando' sua linguagem a pontos, linhas e poucos símbolos. Um fato curioso que deixa a interpretação a critério de cada um.
















3 comentários:

Pires Silva disse...

Ah não entendo muito do meio de pintura. Mas admiro muito a inteligência desses pintores de criarem quadros tão expressivos sem ao menos dizerem uma palavra, já que para mim, as palavras são as mais acessíveis ferramentas de expressão hahaha

beijos

Ronaldo disse...

Achei super interessante o post, gostei dessas pinturas, uma vez fui a uma exposição e achei algo totalmente diferente, tentei pintar, mas me faltou conhecimento, ehehehehe

Sara disse...

Eu amo a arte e pinturas de Miró. Eu estou procurando um aluguel temporada buenos aires porque eu quero ir morar na Argentina por 1 ano e encontrou vários departamentos com pinturas de Miró como decoração. É incrível como a arte se expande.