Recent Posts

09/08/2010

Elfas

Queria ser poderosa
E como uma Elfa altiva - tesa
Triturar inquieta
O rosto de uma coitada

E lá de dentro
Das tripas mesmo
Gozar com tanto sangue elétrico
Amar a vida
Abrandar a fome de dias

Sair com os braços untados em bile
Como uma sereia
Criminosa
Respeitada
Verdadeira
Efêmera sudorenta

E com as mãos ásperas
Poder ninar a coitada
Inorgânica
Tépida

Nunca partir.


Gian Luca

1 comentários:

Marcos A. G. Carneiro disse...

Gostei.
Trabalhou bem a métrica livre.