Recent Posts

18/09/2010

Tumbas

Eu sou uma santa abortada
Do meu útero seco como o vento
Saem bonecas milenares
Elas andam em grupos, e depois
Grudam em mim como a velhice

Lá se vai um olho, um mecha de cabelo
Um dente, dois dentes, uma
Orelha, um nariz mas
o Sorriso continua como
Pastilhas novas.

Eu nunca as matarei pois
ela saíram do
meu útero
seco.

-------------

I am an aborted saint
From my dry womb like the wind
Leave ancient dolls
They walk in groups, and then
Stick to me like age

There goes an eye, a lock of hair
One tooth, two teeth, one
Ear, a nose but the
Smile continues like
New pads.

I will never kill them 'cause
they left from my
dry
womb.

Gian Luca.

1 comentários:

றαяo¢α disse...

Profundamente seco, imagens sombrias pairam a minha mente agora.
Parabéns pelo post e pelo Blog.